Precisa de uma solução para gerenciar sua logística?


sistema de transporte (tms) é e-cargo

Software garante agilidade para as transportadoras

Software garante agilidade para as transportadoras

Por Jacílio Saraiva/ Para o Valor, de São Paulo

Rapiddo, Bonifácio, pedidos, transportadoras, nossa, novas, fundação, atingindo, crescemos, Desde, Paulo, garante, investindo, tecnologias, estão, ajudar, mercadorias, transportar, soluções, Fornecedores, Valor, Software, Saraiva, Jacílio, agilidade, nGuilherme

Guilherme Bonifácio, da Rapiddo: "Desde a nossa fundação, crescemos  50%, atingindo 50 mil pedidos em maio"


Fornecedores de soluções estão investindo em novas tecnologias para ajudar a transportar mercadorias com mais
 
velocidade e menor custo para as empresas. Há alternativas para cargas expressas com contratação on­line,
 
softwares para o gerenciamento de depósitos e ferramentas para a gestão fiscal dos produtos em trânsito. Em
 
algumas companhias, o crescimento de contratos no setor aumentou de 35% a 50%, em um ano.
 
A Rapiddo, plataforma on­line de entregas expressas, iniciou operações no ano passado e já conta com mil
 
entregadores distribuídos em cinco cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas (SP), Belo Horizonte (MG) e
 
Curitiba (PR). "Desde a nossa fundação, crescemos 50%, atingindo 50 mil pedidos em maio", avalia o CEO
 
Guilherme Bonifácio. A meta é quadruplicar a média de encomendas mensais nos próximos 12 meses e chegar a
 
mais cinco capitais até o início de 2016. Uma expansão internacional para três países, em um ano, também está
 
nos planos.
 
A empresa trabalha com pedidos on­line e acompanha o trajeto do portador em tempo real, com a indicação de
 
quem recebeu a encomenda. "A frota de entregadores compartilhada consegue ser mais ágil e barata do que os
 
serviços convencionais de entregas expressas", diz. Os couriers cadastrados são escolhidos para o trabalho de
 
acordo com a proximidade do cliente. O pagamento também é feito pela internet. Bonifácio laçou clientes na área
 
de comércio eletrônico, como a iFood, Ingresso Rápido e Flores Online.
 
"Antes, bastava ter custo competitivo para ser considerado um bom serviço de logística. Hoje, isso é o básico", diz.
 
"Deve­se oferecer ao usuário a visibilidade da entrega, em tempo real." Nas próximas semanas, a Rapiddo vai
 
lançar um sistema no modelo software como serviço (SaaS, na sigla em inglês) que permite às empresas
 
controlarem frotas próprias.
 
Também com foco em clientes ligados ao e­commerce, a Intelipost pretende encerrar 2015 com uma carteira de
 
300 contratos, ante 60 fechados no ano passado. No mercado desde março de 2014, funciona como uma
 
plataforma para o gerenciamento da logística no pré e pós­venda. A ideia agora é atender varejistas físicos e
 
distribuidores, além de expandir a cobertura na América Latina, em mercados como México e Colômbia.
 
A solução faz a ligação entre embarcadores e transportadoras. Ao se conectar ao sistema de vendas e entregas do
 
cliente, identifica as opções de transporte e o melhor operador, de acordo com prazos de entrega e o valor do frete.
 
Tem mais de 300 transportadoras cadastradas. Atende sites como Petlove e Shop2gether.
 
A partir de agosto, segundo o co­fundador Gabriel Drummond, a empresa deve apresentar um aplicativo de
 
celular para a gestão das operações, além de um programa que agenda e realiza entregas no mesmo dia.
 
A Sythex, unidade de negócios da desenvolvedora de sistemas Senior, com clientes como Magazine Luiza e
 
Netshoes, desenvolveu um software para o gerenciamento de depósitos de cargas. "A prioridade é elevar a
 
produtividade, com a redução dos espaços ocupados nos armazéns", explica o diretor Eveli Morasco. Para isso, a
 
novidade cruza dados de computadores de bordo, sistemas de rastreamento de veículos e dos celulares das
 
equipes envolvidas.
 
"Apesar de todo o barulho do mercado sobre a crise, 2015 tem sido um ano positivo para a empresa", diz. "Neste
 
primeiro semestre, contamos com um crescimento de 35% em faturamento." Em 2014, a Sythex obteve receita de
 
R$ 13 milhões. Somente no primeiro trimestre de 2015, atingiu R$ 4 milhões, 40% a mais do que no mesmo
 
período do ano passado. Também conquistou novas contas, como os Correios e a operadora Luft Farma.
 
Para Carlos Maffei, diretor comercial da Benner, de softwares de gestão empresarial, a área de produtos para
 
logística deve ultrapassar 50% de participação no faturamento da companhia, nos próximos três anos. Hoje,
 
cerca de 40% do faturamento vêm desse nicho. O otimismo é baseado na carência tecnológica do setor e nas
 
necessidades das empresas para economizar processos na cadeia de logística de suprimentos (supply chain).
 
"Devido aos altos custos de estocagem do país, é importante racionalizar entregas e estoques."
 
A Benner atende empresas como a Patrus Transportes, com mais de 60 filiais, e a Copercarga, transportadora com
 
mais de 900 veículos. A principal solução da marca para o setor é um sistema que controla desde a armazenagem
 
até a gestão financeira e fiscal das operações. "As companhias querem opções para aumentar a produtividade,
 
com ganhos de performance e redução de custos", diz Maffei.

http://www.valor.com.br/empresas/4150102/software-garante-agilidade-para-transportadoras

Signa Consultoria e Sistemas

Avenida Paulista,352 cj. 85

1310

11 3016-9877

photo Signa - Consultoria e Sistemas de Gestão de Transporte (TMS)
Work:
Avenida Paulista,352 cj. 85
São Paulo,SP   1310
Work:11 3016-9877
Recepção Online
Pressione Enter para enviar a mensagem. finalizar