Precisa de uma solução para gerenciar sua logística?


sistema de transporte (tms) é e-cargo

Posidonia amplia frota com aportes de US$ 100 milhões

Por Fernanda Pires/ Valor Econômico

Posidonia, milhões, empresa, transporte, frota, navegação, Salomão, entre, carga, cinco, navios, brasileira, melhores, oportunidades, sócio, crise, nAbrahão, Econômico, Pires, Valor, quando, Fernanda, planeja, investir, pretende
Abrahão Salomão, sócio da Posidonia:" Na crise há as melhores oportunidades".

Mais nova empresa brasileira de navegação, a Posidonia planeja investir US$ 100 milhões em cinco anos, quando
 
pretende ter uma frota de cinco navios para o transporte de carga seca, entre próprios e alugados. Hoje a
 
companhia opera com duas embarcações nesse segmento, ambas afretadas. Com o investimento, uma das metas
 
do armador é ampliar a fatia no transporte de cargas de projeto na navegação doméstica, abocanhando 50% do
 
nicho.
 
"Na crise há as melhores oportunidades. A cultura brasileira em geral é de curto prazo, mas o Brasil é muito
 
maior", diz Abrahão Salomão, sócio da Posidonia, que atua também no transporte internacional (longo curso).
 
Parte do investimento será com financiamento do Fundo de Marinha Mercante (FMM), linha de longo prazo para
 
a indústria naval vinculada ao Ministério dos Transportes. Hoje a empresa não tem financiamento, tudo é
 
geração do próprio caixa.
 
"A companhia é o nosso objetivo, não o nosso instrumento", diz Salomão. Além dele, os demais sócios são
 
Alexandros e Felipe Ikonomopoulos, ambos donos da Kadmos, empresa de uma família de corretores e armadores
 
de origem grega.
 
O programa de expansão da frota consiste na construção de três navios com capacidade nominal para entre 7 mil
 
e 15 mil toneladas. Cada qual demandará cerca de US$ 27 milhões. A Posidonia avalia três estaleiros para fazer as
 
encomendas.
 
Atualmente está em construção em um estaleiro do Sul o navio próprio "Posidonia Bravo", que terá oferta para 2,7
 
mil toneladas. Orçada em US$ 17 milhões, a embarcação será do tipo deck aberto, que pode levar todo tipo de
 
carga. Deve ser entregue em 2016.
 
No fim de junho a empresa começou a operar o "P.Fênix", navio com a mesma capacidade, afretado de um
 
operador europeu. Junto com o "Posidonia Bravo", ele fará a navegação sem rota regular (tramp) na cabotagem.
 
Além disso, o armador recém­adquiriu, por US$ 3 milhões, um barco de apoio offshore que passou por uma
 
reforma e deve estar em operação em 60 dias.
 
Com a ampliação da frota, a Posidonia deve encerrar o ano com faturamento de R$ 70 milhões. A companhia foi
 
criada em 2010, mas deu início às operações em abril de 2013. No primeiro semestre deste ano transportou cerca
 
de 230 mil toneladas. Ao todo, a empresa atua no transporte de granéis sólidos, líquidos, contêineres, cargas de
 
projetos, veículos e no apoio marítimo.

http://www.valor.com.br/empresas/4129024/posidonia-amplia-frota-com-aportes-de-us-100-milhoes

Signa Consultoria e Sistemas

Avenida Paulista,352 cj. 85

1310

11 3016-9877

photo Signa - Consultoria e Sistemas de Gestão de Transporte (TMS)
Work:
Avenida Paulista,352 cj. 85
São Paulo,SP   1310
Work:11 3016-9877
Recepção Online
Pressione Enter para enviar a mensagem. finalizar