Precisa de uma solução para gerenciar sua logística?


sistema de transporte (tms) é e-cargo

Transportadores adotam balizador de fretes visando evitar desastre financeiro na safra 2015

Empresas e entidades empregam método emergencial para não repetirem prejuízo financeiro como no exercício de 2014 - Transporta Brasil
05/01/2015 às 17:15


setor, balizador, custos, Empresas, emergencial, transporte, entidades, cargas, desenvolveram, ligadas, exercício, repetirem, método, prejuízo, financeiro, Transporta, empregam, Brasil

Empresas de transporte de cargas e entidades ligadas ao setor desenvolveram um balizador de custos de fretes que servirá como referência nas negociações das tarifas para a próxima safra.

A ideia é evitar ao máximo grandes prejuízos financeiros, como ocorreu em 2014 para grande parte dos transportadores envolvidos com o agronegócio.

O balizador consiste em uma tabela onde constam as principais rotas rodoviárias de escoamento da safra agrícola, bem como, os valores de tarifas mínimas de fretes para serem praticadas durante todo o ano de 2015.

Crise em 2014

No ano passado, uma série de companhias projetou uma nova safra recorde e acabaram não poupando para aumentar patrimônio, aproveitando a baixa taxa de juros disponibilizada pelo BNDES para renovarem ou aumentarem as suas frotas. As previsões não se confirmaram e empresários e autônomos amargaram grande déficit, alguns obrigados até a saírem do setor, inchado por conta da alta atratividade.

Segundo Miguel Mendes, diretor Executivo da ATC (Associação dos Transportadores de Cargas do Mato Grosso), no ano de 2014, empresas de outros setores e até profissionais liberais ingressaram no transporte rodoviário de cargas.

“Isto acabou gerando uma grande oferta de caminhões este ano e contribuindo assim para a drástica redução da tarifa de fretes. Muito caminhão disponível, frete baixo, é essa a regra do setor”, conta. “No primeiro semestre tivemos que conviver com um excesso de chuvas fora do normal na época da colheita da soja, isto fez com que os armazéns não ficassem lotados e exigisse a presença de um número maior de caminhões nas lavouras. Quando isto acontecia em safras anteriores, havia uma elevação considerável nas tarifas de frete. Aliado a isso, a nossa produtividade ainda foi reduzida em torno de 40% por causa do cumprimento da Lei dos Caminhoneiros que diminuiu a jornada de trabalho destes profissionais e também por causa das restrições de tráfego de caminhões imposta pela PRF nos feriados prolongados deste ano, durante o Carnaval, Semana Santa e Copa do Mundo”.

Mendes ressalta que o objetivo do balizador é ser utilizado como referência para o dono do caminhão no momento de negociação de frete. “Não trata-se de um Cartel formado para instituir um tabelamento de fretes agrícolas, como já fomos acusados por algumas tradings, mas sim, uma atitude emergencial de sobrevivência de um setor importante da economia, que já não estava mais suportando atuar com tarifas de fretes que não cobriam nem ao menos os custos de manutenção dos caminhões”, finaliza.

Confira a tabela abaixo, com os preços por tonelada:

setor, balizador, custos, Empresas, emergencial, transporte, entidades, cargas, desenvolveram, ligadas, exercício, repetirem, método, prejuízo, financeiro, Transporta, empregam, Brasil

https://goo.gl/VjpKCo

Signa Consultoria e Sistemas

Avenida Paulista,352 cj. 85

1310

11 3016-9877

photo Signa - Consultoria e Sistemas de Gestão de Transporte (TMS)
Work:
Avenida Paulista,352 cj. 85
São Paulo,SP   1310
Work:11 3016-9877
Recepção Online
Pressione Enter para enviar a mensagem. finalizar